9 maneiras de cuidar de si mesma sem gastar nada

10/01/2018

Quando a gente fala em cuidar de si mesma, você acha que isso tem a ver com dinheiro? Pode ser que comprar um creme gostoso para passar na pele, ir a um spa ou ao cabeleireiro sejam opções para isso. Porém, não necessariamente você precisa gastar dinheiro para se amar um pouco mais.

Existem algumas ações que você pode colocar no seu dia a dia e que vão te ajudar a cuidar de si mesma um pouco mais a cada momento. São hábitos que você pode estimular sempre e que vão te ajudar a sentir melhor ao fim do dia. Isso também serve para tirar da cabeça que o cuidado é complicado, ou que você precisa, necessariamente, gastar dinheiro para se sentir bem - tudo bem que comprar uma roupa nova é incrível, mas essa terapia de compras não funciona sempre e é só uma válvula de escape para você lidar com os seus problemas.

Então, vamos à prática! 

Separamos 9 maneiras de você cuidar de si mesma sem gastar nada.

1. Antes de mais nada alonga-se

Quantas horas você fica sentada na frente do computador sem alongar o corpo por um minuto sequer? 

Levante dessa cadeira e tire alguns minutinhos para esticar as costas, alongar as pernas, mexer os punhos e tirar a rigidez que o estresse do trabalho deixa no seu corpo. O ideal é fazer isso algumas vezes por dia, mas comece com uma pausa de cinco minutinhos no meio da manhã ou à tarde para alongar o corpo, estimular a circulação e soltar os músculos.

2. Tome um pouquinho de sol

Sabia que o sol ajuda na produção de endorfina, o hormônio que causa a sensação de bem-estar no corpo? 

É claro que não dá para você passar  dia inteiro sentado no sol (a não ser que você esteja de férias na praia), mas separe aqueles minutinhos no fim do horário do almoço, ou enquanto você espera o ônibus de manhã, o para tomar um pouco de sol. Observe as pessoas que passam, sinta o calor na pele e aproveite esse momento.

3. Arrume sua mesa

Você está vendo essa bagunça de papeis que você só muda de um lado para o outro, todos os dias?

É hora de arrumá-la. Antes de sair do escritório e voltar para casa, ou antes de você parar de trabalhar, se faz home office,  arrume a sua mesa. Jogue fora os papéis que não terão uso, coloque canetas e cadernos no lugar, leve a xícara de café para a cozinha… Deixe tudo organizado para o dia seguinte.

4. Lave o rosto

Quantas vezes você chega em casa e percebe o rosto pesado, com aquela sensação de sujo? 

Pois bem, esse é o momento perfeito para lavá-lo com cuidado, fazendo movimentos circulares, passar bastante água para tirar o sabão e finalizar com um hidratante bem gostoso. Pode não parecer muita coisa, mas a gente garante que você vai se sentir melhor depois.

5. Escreva uma lista de gratidão

Pegue papel e caneta e escreva coisas pelas quais você é grata. Pode ser um café gostoso que você tomou de manhã ou alguma coisa legal que aconteceu no trabalho!

6. Passe hidratante no corpo antes de dormir

Ao invés de cair na cama e tentar esquecer o dia que passou, pegue aquele hidratante que você deixa na mesa de cabeceira e espalhe um pouco nas pernas e nos braços. Faça movimentos lentos e tente focar 100% no que você está fazendo. Sinta o cheiro do creme e a sensação dele na pele. Você vai perceber como isso acalma e te prepara melhor para a noite de sono.

7. Peça um abraço

De uma colega de trabalho, uma amiga ou alguém da sua família, peça um abraço se você não estiver se sentindo tão bem assim. Ter um contato tão próximo com outro alguém acalma e reenergiza.

8. Ouça uma playlist relaxante

Troque as músicas da Anitta e Pabllo Vittar (a gente ama, que fique claro), por outras mais calmas e gostosinhas, que te deixem mais tranquila e menos agitada. Mesmo quando você trabalha, optar por músicas menos estimulantes é uma forma de manter a mente mais focada e o coração mais tranquilo. 

9. Faça algo por alguém

Ajude o seu colega de trabalho a escrever aquele e-mail para o chefe. Lave a louça junto com a sua mãe. Ajude a acalmar alguém que está passando por uma crise de ansiedade. Preste atenção para qualquer pequena coisinha que você pode fazer pelas pessoas ao seu redor.

Texto adaptado:  Site Superela

Saiba mais sobre nosso trabalho

Você também pode gostar

Muitas vezes tendemos a sofrer em excesso por situações que não estão sob nosso controle, e às vezes sofremos mais por nossa própria resistência em aceitar o acontecido do que pelo fato negativo em si.